Casa Verdura

Oportunidades de inovação dentro de casa!

Todo o conceito desenvolvido na Casa Verdura se aproxima da noção de saúde sistêmica na habitação – tal como uma célula mãe. A construção feita com materiais naturais como a terra crua é uma sinergia fenomenológica de grande importância para todos os moradores, para toda a família – desde crianças recém-nascidas. Pois a terra tem uma proximidade significante com o corpo humano, é o material mais abundante na natureza, sendo muito sensível e agradável ao tato. É o material mais inerte, cobrindo toda a superfície por onde nossos pés caminham. As paredes apiloadas com a terra crua não criam oportunidade para entrada e criação de insetos e bichos – são extremamente limpas, não permitindo aderência de nocividades. Além disso, dão perfeito conforto térmico e acústico.

A casa é refrescante, e também saborosa e cheirosa. A cobertura orgânica tem o tempo das estações – os frutos nascem e crescem de acordo com o clima natural. As sementes e o cultivo das plantas são um sumo carinhoso para uma criança em fase de desenvolvimento, mostrando a nutrição como primeiro passo para uma vida saudável e cuidadosa. Cada semente deve ser saboreada pela boca, para mapear e escanear todo o seu interior e depois ser levada ao solo e cultivada – assim, ela trará todos os benefícios que seu corpo necessita! Isso cria interação e sustentabilidade para os moradores – a casa pode alimentar e curar seu dono! Tal intervenção, no início da vida, é uma semente saudável, criando um impacto permanente na formação cognitiva e física do pequeno ser. É um experimento muito simples que, multiplicado assiduamente, produz milagres!

Para isso acontecer de fato, criamos o conceito lúdico de Casa Verdura – uma pele viva que recobre as superfícies, feita com malha de reuso de plástico, que sustenta o sistema orgânico, criando microclima agradável e olfativo, integrando beleza e produtividade.

Ao mesmo tempo, é uma proteção e estímulo ao conhecimento da criança em fase de crescimento – ela interage com os dados da natureza – isto é saúde, alegria, tranqüilidade! O aspecto lúdico é importante, sendo vital para as brincadeiras infantis.

A implantação de um conjunto habitacional popular de Casas Verdura formará um magnífico Município Verde Sustentável – um impacto social em grande escala, caminho claro de transformação do conceito de moradia.

Todo este programa habitacional poderá ser alvo de uma capacitação continuada em bairros carentes, inclusive podendo dar início a um possível programa de política pública nacional.O sistema orgânico é retroalimentado pela composteira regional – que o transforma em biogás, que volta para as casas! Os outros materiais como plásticos e papéis são levados a um sistema de reaproveitamento útil – para serem transformados nos pisos, paredes e tetos da moradia. Assim, ela desperta subliminar e visualmente para uma educação tátil, ensinamento para toda a vida – LER – Limpar, Educar, Reconstruir!

Por uma nova Idade da Terra Sustentável!